Última hora

Última hora

Ex-advogada da Iukos vai ser libertada

Em leitura:

Ex-advogada da Iukos vai ser libertada

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça russa deu luz verde à libertação da ex-advogada da petrolífera Iukos, Svetlana Bakhmina, que cumpria uma pena de seis anos e meio de prisão.

Svetlana Bakhmina tinha sido condenada por evasão fiscal, confessou o crime e já cumpriu mais de metade da pena. A sua libertação surge após uma forte pressão na opinião pública. Bakhmina é mãe de três crianças pequenas, uma das quais nasceu na prisão. Entretanto, terminou hoje a leitura do acto de acusação de mais um processo contra o ex-patrão da Iukos. Mikhail Khodorkovski, que é acusado de desvio de fundos e venda ilegal de petróleo no valor de 20 mil milhões de euros, declarou-se inocente perante os juizes e classificou o julgamento de “farsa judicial e política”. Tanto Khodorkovski como o seu ex-sócio Platon Lebedev sempre se declararam inocentes das acusações até agora pronuciadas contra eles. Os dois foram condenados em 2005 a oito anos de prisão por fraude em larga escala e evasão fiscal.