Última hora

Última hora

Khodorkovski de novo face à justiça russa

Em leitura:

Khodorkovski de novo face à justiça russa

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-patrão da petrolífera russa, Iukos, declarou-se, esta terça-feira, inocente perante os juizes que o julgam um novo caso relacionado com o grupo que dirigiu nos anos 90.

Mikhail Khodorkovski é agora acusado de desvio de fundos e venda ilegal de petróleo no valor de 20 mil milhões de euros. O ex-oligarca disse ao tribunal que “nunca roubou nada nem desviou o que quer que fosse nem individualmente nem no seio de um grupo organizado”. Khordovski e o seu sócio Platon Lebedev negaram sempre todas as acusações e cumprem penas de prisão por processos anteriores. Hoje, a justiça russa deu ordem para libertar uma ex-advogada do grupo Iukos Svetlana Bakhmina, condenada por evasão fiscal que tinha confessado o crime e já cumpriu mais de metade da pena de seis anos e meio a que foi condenada.