Última hora

Última hora

Comunidade internacional contribui para o combate à pirataria

Em leitura:

Comunidade internacional contribui para o combate à pirataria

Tamanho do texto Aa Aa

A conferência de doadores de Bruxelas conseguiu recolher da comunidade internacional uma promessa de 192 milhões de euros de ajuda financeira para o restabelecimento da segurança na Somália.

O comissário para o Desenvolvimento e Ajuda Humanitária da União Europeia, Louis Michel, congratulou-se com os resultados alcançados: “Em termos absolutos conseguimos o montante que pretendíamos mas também estão aqui incluídas contribuições para equipamento e material logístico. Por isso, estamos muito acima daquilo que estávamos à espera, inicialmente. O objectivo deste encontro foi atingido. Esta conferência foi um sucesso”. O presidente da Somália, Sheik Sharif Ahmad, presente na reunião, agradeceu a oferta da comunidade internacional e afirmou que o governo tudo fará para controlar o território. O sequestro de barcos internacionais no Golfo de Aden e no Oceano Índico, por piratas somalis, tem conduzido à insegurança das rotas dos cargueiros que usam estas águas para o transporte de mercadorias entre a Europa e a Ásia. Face ao aumento dos ataques, a União Europeia e a NATO, com a ajuda de outros países, têm na região frotas de patrulha permanente.