Última hora

Última hora

Obama isenta interrogadores da CIA de processos

Em leitura:

Obama isenta interrogadores da CIA de processos

Tamanho do texto Aa Aa

Condoleezza Rice deu luz verde para que as controversas técnicas avançadas de interrogatório fossem utilizadas na prisão de Guantánamo.

O pedido de autorização tinha partido da CIA, poucos meses depois dos ataques do 11 de Setembro. Rice era, na altura, conselheira de Bush para questões de segurança. De acordo com Obama, os interrogadores não serão visados pela Justiça mas quem deu as ordens pode ser alvo de processos. O ministro da Justiça, Eric Holder, refere que não vai criminalizar diferenças políticas mas que vai fazer o seu papel e que se encontrar irregularidades vai cumprir as determinações legais até às últimas consequências. Dick Cheney será a mais alta individualidade a ter de responder perante a Justiça. O ex-vice-presidente referiu há dias que pretende a publicação de mais memorandos da CIA, que provam que este tipo de interrogatórios é eficaz. Pelo menos no caso do alegado mentor do 11 de Setembro. Khaled Cheik Mohammed foi submetido a 183 simulações de afogamento.