Última hora

Última hora

Talibãs paquistaneses retiram-se de Bruner

Em leitura:

Talibãs paquistaneses retiram-se de Bruner

Tamanho do texto Aa Aa

As reservas emitidas pelos Estados Unidos sobre os esforços das autoridades paquistanesas na luta contra os talibãs parece ter sortido efeito.

Os talibãs começaram a retirar-se do distrito de Bruner, a cerca de 100 quilómetros de Islamabad, região que controlavam desde há dois dias. A decisão foi tomada depois de uma reunião entre as autoridades locais e vários chefes dos combatentes. De acordo com fontes oficiais, mais de 100 paramilitares tomaram posição em alguns postos da polícia da capital do distrito com o mesmo nome para evitarem ataques contra as forças de segurança. Apesar do recente acordo de paz assinado com o governo, há dois dias que centenas de talibãs do distrito vizinho de Swat, próximos da Al Qaida e dos talibãs afegãos, assumiram o controlo de Bruner. No parlamento, o primeiro-ministro Yousaf Raza Gilani afirmou que o exército paquistanês “vai apoiar o governo regional e federal e vai agir quando for necessário.” Enquanto patrulharam as ruas de Bruner não houve registo de trocas de tiros entre talibãs e forças de segurança locais. De acordo com testemunhas, os talibãs estavam equipados com armamento ligeiro e lança-roquetes e montaram barreiras nos principais eixos rodoviários.