Última hora

Última hora

Vitória histórica da esquerda na Islândia

Em leitura:

Vitória histórica da esquerda na Islândia

Tamanho do texto Aa Aa

A coligação que reúne o Partido Social Democrata e o movimento Esquerda-Verdes derrotou o Partido da Independência, que fora sempre a força mais votada desde 1944.

Segundo as estimativas das Comissão Eleitoral, a aliança de esquerda que assumiu o Governo interino do país deve obter a maioria absoluta. O Partido da Independência já reconheceu a derrota, ao assumir que perdeu a confiança do eleitorado. A actual primeira-ministra também já reclamou a vitória. Antes do fecho das urnas, Johanna Sigurdadottir, tinha indicado aos jornalistas o caminho a seguir: “Queremos que a Islândia – e isto é possível – solicite imediatamente a adesão à União Europeia e adopte o euro”. Johanna Sigurdadottir assumiu o Governo islandês, depois de os conservadores terem sido afastados, em Janeiro, na sequência de uma série de manifestações por causa da grave crise financeira em que o país mergulhou, após anos de prosperidade.