Última hora

Última hora

ONU afirma que o Sri Lanka não deixa a ajuda humanitária chegar à zona de guerra

Em leitura:

ONU afirma que o Sri Lanka não deixa a ajuda humanitária chegar à zona de guerra

Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas lamentam que o governo do Sri Lanka esteja a impedir o acesso humanitário à zona de guerra no nordeste do país.

Durante a visita de três dias ao Sri Lanka, o enviado da ONU não conseguiu luz verde do exército para entrar na zona onde estão pelo menos 50 mil refugiados e o último bastião dos Tigres de Libertação Tamil. Em Londres, centena e meia de pessoas manifestaram-se esta segunda-feira a favor de um cessar-fogo no Sri Lanka. Os guerrilheiros Tamil propuseram uma trégua que foi rapidamente recusada pelo governo cingalês convicto que a resistência vai terminar muito em breve. O executivo ordenou entretanto ao exército que parasse de utilizar artilharia pesada para evitar mais vítimas civis. A ONU estima que cerca de 6500 civis perderam a vida desde o início da ofensiva contra os Tigres Tamil em Janeiro.