Última hora

Última hora

Albânia: depois da NATO, a UE

Em leitura:

Albânia: depois da NATO, a UE

Tamanho do texto Aa Aa

Um mês depois de ter entrado na NATO, a Albânia apresenta agora formalmente a sua candidatura à União Europeia (UE). Um momento histórico, foi assim que o considerou o primeiro-ministro albanês. Sali Berisha, apresentou o pedido em Praga, ao seu homólogo checo, Mirek Topolanek, que assume a presidência rotativa da União.

A Albânia espera agora a obtenção do estatuto de candidata oficial, como as vizinhas Croácia e Macedónia, ou ainda a Turquia. No entanto, certos Estados membros, como a França ou a Alemanha, não são favoráveis a nenhum novo alargamento sem um Tratado de Lisboa em vigor. Além disso, Tirana tem ainda muito trabalho pela frente em termos de reforma do sistema judicial e luta contra o crime organizado – e as eleições legislativas de 28 de Junho próximo são cruciais para o futuro europeu da Albânia – avisa Bruxelas.