Última hora

Última hora

Rússia inquieta com parcerias da UE a Leste

Em leitura:

Rússia inquieta com parcerias da UE a Leste

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia quer reforçar a cooperação com a União Europeia em matéria de segurança, como alternativa à parceria actual no âmbito da NATO.

O responsável da diplomacia russa deslocou-se ontem ao Luxemburgo, para participar na reunião bianual do Conselho de Parceria Permanente UE-Rússia. Oito meses após o conflito russo-georgiano, Serguei Lavrov voltou a criticar os “princípios” da colaboração com a NATO, assim como a iniciativa “oriental” da União para reforçar a parceria com 6 estados do Leste da Europa. Lavrov mostrou-se inquieto face ao projecto que reúne Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Geórgia, Ucrânia e Moldávia e cuja reunião inaugural está marcada para dia 7 de Maio, em Praga. Em Março o ministro tinha acusado Bruxelas de tentar alargar a esfera de influência junto à fronteira russa. Apesar da diferença de tom das declarações, as relações entre a UE e a Rússia permanecem tensas, em especial em matéria de energia. O primeiro-ministro Vladimir Putin pôs ontem em causa a validade do acordo de cooperação energética com a União, firmado por Moscovo mas ainda à espera de ser ratificado.