Última hora

Última hora

Barroso aclamado por populares europeus e apoiado por Zapatero

Em leitura:

Barroso aclamado por populares europeus e apoiado por Zapatero

Tamanho do texto Aa Aa

Durão Barroso reúne o consenso dos membros do Partido Popular Europeu para um segundo mandato na liderança da Comissão Europeia.

O Congresso do PPE, a primeira força política no Parlamento Europeu, arrancou esta quarta-feira em Varsóvia com a presença de grandes figuras da direita europeia. O nome do político português está quase garantido desde que os populares ganhem as eleições europeias de Junho. “Durante este congresso, certamente que José Manuel será o nosso candidato para os próximos 5 anos na presidência da Comissão”. Apesar das críticas recentes ao modo como Durão Barroso lidou com a crise económica e financeira, o nome do político português continua a recolher apoios. Como é o caso do Governo polaco. “Barroso está numa muito boa posição na Europa e tem um bom equilíbrio entre os diferentes países e eu penso que é muito importante por exemplo a sua actividade no que diz respeito à agenda de Lisboa”. O actual mandato de Durão Barroso termina em Novembro. A sua renovação deverá ser tomada durante a próxima cimeira Europeia dos Chefes de Estado e de Governo em Junho logo após as eleições europeias. A esquerda europeia está dividida sobre a atitude a tomar face a Barroso e até agora não anunciou candidato alternativo. O primeiro-ministro espanhol, o socialista Rodriguez Zapatero declarou ontem o seu apoio à recandidatura de Barroso, depois do trabalhista Gordon Brown o ter feito há alguns dias.