Última hora

Última hora

Cairo iniciou abate de porcos

Em leitura:

Cairo iniciou abate de porcos

Tamanho do texto Aa Aa

No Egipto as autoridades começaram a preparar o abate de mais de 300.000 porcos. A medida é criticada pelas Nações Unidas porque até ao momento apenas há registo de casos de transmissão da gripe suína entre humanos. O porco é tido como um animal sujo pela religião muçulmana. No Egipto é a minoria cristã copta que se dedica a este tipo de criação.

Esta criadora queixa-se da brutalidade das autoridades quando se opôs à apreensão dos animais. Mas a polícia refere que os proprietários estavam a tentar escondê-los. As autoridades sanitárias alegam que o objectivo é relançar no futuro a criação de porcos em quintas e acabar com a promiscuidade actual. A maioria dos animais é criada nas lixeiras e bairros da lata onde vivem os proprietários.