Última hora

Última hora

Mexicanos convidados a ficar em casa nos próximos cinco dias

Em leitura:

Mexicanos convidados a ficar em casa nos próximos cinco dias

Tamanho do texto Aa Aa

O México vive um 1 de Maio bem diferente do previsto. Devido à gripe A, as celebrações do dia do Trabalhador foram anuladas e os mexicanos convidados a ficar em casa nos próximos cinco dias. Não há restaurantes, os jogos de futebol do fim-de-semana vão decorrer em estádios vazios e a Igreja Católica dispensou os crentes da missa dominical. As missas que serão, mesmo assim, celebradas terão lugar ao ar livre.

O México tenta controlar a progressão da epidemia. As autoridades mexicanas confirmam 312 casos de contaminação e 12 mortos. Nos Estados Unidos, registou-se um morto. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a gripe afecta no total 11 países e fez dez mortos. Há vários casos na Europa, incluindo um na Alemanha de uma pessoa que não visitou o México. A OMS subiu o alerta para o nível cinco. Os receios alastram e os grupos farmacêuticos, em França e Espanha, deixaram de abastecer farmácias, reservando os anti-gripais aos hospitais. A União Europeia recusou suspender os voos para o México, mas os controlos foram reforçados. Os operadores turísticos britânicos, franceses, canadianos e portugueses suspenderam as ligações, tal como a Argentina, Cuba e Peru. O México confirma a anulação de 50 voos.