Última hora

Última hora

Sindicatos alemães alertam para o caos social que a crise económica pode originar

Em leitura:

Sindicatos alemães alertam para o caos social que a crise económica pode originar

Tamanho do texto Aa Aa

A crise económica pode originar caos social. O alerta foi deixado nas celebrações do Dia do Trabalhador, pelo presidente da Confederação de sindicatos alemães. Michael Sommer liderou o desfile do 1° de Maio em Bremen, o principal desfile do dia na Alemanha.

Milhares de pessoas saíram à rua em todo o país preocupadas com as repercussões da crise económica, a pior a afectar a Alemanha desde o fim da II Guerra Mundial. Segundo Michael Sommer, é preciso tirar lições desta crise, senão haverá tensões sociais e talvez motins. “Não quero isso, mas deixo o alerta para que se faça o máximo para controlar a crise”, avisou. Segundo as previsões do governo, a recessão atingirá este ano os 6%. A principal economia da zona Euro sofre e os planos sociais multiplicam-se. Em Berlim, os protestos terminaram mais uma vez em confrontos. Militantes de esquerda tentaram romper os cordões de segurança da polícia que enquadrava um protesto da extrema-direita. Mas os incidentes violentos começaram ontem à noite, com manifestações anti-capitalistas. No total, já foram detidas 57 pessoas e há dezenas de agentes feridos.