Última hora

Última hora

Fragata portuguesa impede ataque pirata ao largo da Somália

Em leitura:

Fragata portuguesa impede ataque pirata ao largo da Somália

Tamanho do texto Aa Aa

Um helicóptero da fragata portuguesa Corte Real impediu, este sábado, um ataque de piratas ao largo da Somália.

De acordo com o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, Luís Bernardino, a fragata portuguesa que comanda a força naval da NATO nas operações de combate à pirataria, estava em “missão de reconhecimento” quando detectou uma tentativa de abordagem a um petroleiro norueguês no Golfo de Aden. A marinha portuguesa deteve, identificou e desarmou 19 piratas que foram em seguida libertados. Os piratas somalis afirmaram, entretanto, terem capturado mais dois navios ao lardo do Corno de África, mas não indicaram a nacionalidade e o tipo das embarcações. Em 2008, cerca de 140 navios foram atacados ao largo da Somália. Só nos três primeiros meses deste ano, o número de sequestros relativamente ao primeiro trimestre do ano passado foi dez vezes maior.