Última hora

Última hora

Dois anos depois Praia da Luz ainda sofre consequências do desaparecimento de Maddie

Em leitura:

Dois anos depois Praia da Luz ainda sofre consequências do desaparecimento de Maddie

Tamanho do texto Aa Aa

Madeleine McCann desapareceu há dois anos e há dois anos que a Praia da Luz deixou de ser a mesma.

Os actos de vandalismo nos cartazes com a fotografia da menina britânica são a prova do descontentamento da população local que ainda hoje sofre as consequências da híper mediatização de um caso que ainda está por elucidar. Na Praia da Luz podem ainda ser vistos vestígios das comemorações do primeiro aniversário do desaparecimento de Maddie. Este ano a data não foi celebrada de forma particular. A população está farta. A diminuição do número de turistas que passam férias na Praia da Luz é a principal consequência directa da mediatização do caso. O aldeamento turístico Ocean Club, de onde Maddie desapareceu no dia 03 de Maio de 2007, despediu 21 dos seus 48 empregados. Os pais Kate e Gerry McCann continuam a acreditar que a filha está viva. O ex-coordenador da PJ de Portimão, Gonçalo Amaral, continua convicto de que a menina morreu e juntou um grupo de polícias portugueses e britânicos para provar isso mesmo numa eventual reabertura do processo.