Última hora

Última hora

General Motors quer fatia da FIAT

Em leitura:

General Motors quer fatia da FIAT

General Motors quer fatia da FIAT
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro anos depois de ter pago dois mil milhões de dólares no processo de separação da FIAT, a General Motors volta a manifestar interesse em adquirir uma fatia da construtora italiana.

A eventual transacção deverá realizar-se mediante a cedência das operações na Europa e na América Latina da fabricante automóvel norte-americana à FIAT. A notícia ilustra o último episódio da corrida que a empresa italiana lançou em diversas direcções, no sentido de se tornar num gigante do mercado automóvel Global. A FIAT procura adquirir a alemã Opel, a sueca Saab, bem como 20% do capital da Chrysler. Caso o negócio se concretize, o director executivo da construtora italiana, Sergio Marchionne, que deverá acumular as mesmas funções pela Chrysler, diz-se disposto a ceder menos de 10% das acções da FIAT à GM. Marchionne anunciou entretanto que pretende manter a afuncionar as quatro fábricas da Opel na Alemanha. No entanto, reconheceu que serão efectuadas reduções de postos de trabalho.