Última hora

Última hora

Paquistão bombardeia bastiões talibãs no vale de Swat

Em leitura:

Paquistão bombardeia bastiões talibãs no vale de Swat

Tamanho do texto Aa Aa

O exército paquistanês reforçou os ataques contra a insurgência Talibã no vale de Swat, enquanto milhares de pessoas fogem da região.

As forças de segurança dizem ter eliminado ontem mais de sessenta militantes. Os meios de comunicação locais contabilizam algumas dezenas de civis mortos durante os combates. As autoridades levantaram temporariamente um recolher obrigatório no vale de Swat, o que permitiu a fuga de milhares de residentes, que convergem para campos de refugiados estabelecidos em colaboração com as Nações Unidas e agências humanitárias. A violência deslocou 45 mil pessoas nos últimos dias e o número pode ultrapassar o meio milhão. No vizinho Afeganistão, os Estados Unidos protagonizaram ontem um episódio negro na luta contra os talibãs. Na província de Farah, mais de 100 pessoas, na maioria civis, morreram num bombardeamento norte-americano, o que levou a secretária de Estado Hillary Clinton a efectuar um pedido oficial de desculpas. Em Washington, Barack Obama procurou um consenso com os presidentes afegão e paquistanês. Hamid Karzai e Asif Ali Zardari prometeram trabalhar juntos na luta contra os talibãs e fazer “todos os esforços” para evitar baixas civis. Obama lembrou que a estabilização da região implica também a luta contra a corrupção e o diálogo com a oposição.