Última hora

Última hora

Protestos da oposição degeneram em violência em Tbilissi

Em leitura:

Protestos da oposição degeneram em violência em Tbilissi

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de membros da oposião georgiana envolveram-se esta noite em confrontos com a polícia no centro de Tbilissi.

Os motivos das escaramuças que provocaram 28 feridos, entre polícias e manifestantes, permanecem ambíguos. A polícia afirma ter respondido a ataques com pedras de alguns indíviduos, que tentariam invadir a esquadra central da capital. Os manifestantes, por seu lado, acusam as autoridades de terem detido três membros da oposição, suspeitos de uma agressão a um jornalista da televisão pública. Depois de um mês de manifestações pacíficas contra o presidente Mikhail Saakashvilli, o agravamento da tensão entre os dois campos coincide com o início dos exercícios militares da Nato no país. O presidente Saakashvilli, que recusa demitir-se sob a pressão das ruas, acusou ontem a Rússia de estar a preparar um golpe de Estado, depois de um motim ter estalado num quartel militar na terça-feira. Moscovo que não vê com bons olhos o alargamento da NATO à antiga zona de influência soviética, tinha criticado as manobras militares na Geórgia, considerando-as como uma provocação.