Última hora

Última hora

Três líderes africanos investigados em França

Em leitura:

Três líderes africanos investigados em França

Tamanho do texto Aa Aa

Um magistrado francês abriu uma investigação preliminar contra três líderes africanos por alegada apropriação ilegal de fundos públicos.

Em causa estão os presidentes do Gabão, Omar Bongo, da República do Congo, Denis Sassou-Nguesso e da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema. A denúncia é feita pela organização francesa do grupo anti-corrupção, Transparency International que acusa os três presidentes de usarem fundos públicos para comprar casas e carros de luxo e em França. Daniel Lebegue, presidente da Transparency explica que “faz aplicar a convenção anti-corrupção das Nações Unidas para recuperar os bens tomados por esses líderes e as suas familias e restituí-lo ao povo. Trata-se da primeira vez que uma investigação judicial por fraude é efeita a um presidente ainda em exercício. Além de serem países produtores de petróleo, o Gabão e o Congo são ex-colónias francesas e a Guiné Equatorial é um exportador de petróleo em ascensão. A investigação poderá afectar as relações entre a França e os três países.