Última hora

Última hora

Toyota espera forte prejuízo

Em leitura:

Toyota espera forte prejuízo

Tamanho do texto Aa Aa

A Toyota prevê, para este ano, um prejuízo que pode ultrapassar os seis mil milhões de euros.

São números pessimistas para a maior construtora automóvel da Ásia, que no ano passado anunciou a primeira perda de sempre. A Toyota decidiu também cortar os dividendos, pela primeira vez em 15 anos. Estes números negativos devem-se a uma quebra nas vendas, causada pela crise, como explica o preesidente executivo do grupo: “Há sinais de recuperação em países como a China ou a Índia, mas a Europa e os Estados Unidios ainda têm que recuperar economicamente e normalizar os mercados financeiros. Por isso, estamos a preparar-nos para tempos difíceis”, disse Katsuaki Watanabe. A Toyota prevê que as vendas a nível mundial caiam cerca de 14%, este ano. O grupo espera contrariar a situação com o lançamento da nova versão do Prius, que vai ser vendida a um preço mais baixo, para fazer concorrência ao híbrido lançado pela Honda. A grande rival japonesa é a única construtora a prever lucros para este ano, graças sobretudo ao mercado das motas, que se manteve estável, ao contrário do dos automóveis.