Última hora

Última hora

Bento XVI visita mesquista na Jordânia

Em leitura:

Bento XVI visita mesquista na Jordânia

Tamanho do texto Aa Aa

O papa Bento XVI visita hoje uma mesquita na Jordânia.

É o segunda vez que sumo-pontífice entrará num templo islâmico depois de ter estado numa mesquita turca em 2006. Bento XVI iniciou ontem um périplo pelo Médio Oriente que o levará a Israel e aos territórios palestianianos. Na Jordânia, 4% da população é cristã: Uma peregrina síria afirma que “é uma sensação muito boa ver o papa e apertar-lhe a mão” e que se trata de um “sentimento divino”. Bento XVI foi ontem recebido pelo rei da Jordânia, que é visto como uma figura de referência no diálogo entre cristãos e muçulmanos. Hoje o papa deverá visitar o Monte Nebo, onde segundo a Bíblia Deus terá mostrado a terra prometida a Moisés. Mas nem todos vêm com bons olhos a visita de Bento XVI. “Queremos um pedido oficial de desculpas a todos os muçulmanos pelo insulto ao profeta. Não estamos satisfeitos com a visita”, afirmou um muçulmano. Em 2006, Bento XVI causou polémica entre muçulmanos ao citar um imperador bizantino que dizia que o Islão era “violento e irracional”.