Última hora

Última hora

Papa despede-se da Jordânia

Em leitura:

Papa despede-se da Jordânia

Tamanho do texto Aa Aa

Ao lado dos reis jordanos, Bento XVI encerrou a primeira étapa da visita ao Médio Oriente.

Durante a tarde, o Papa deslocou-se ao local onde segundo as Escrituras, João Baptista terá baptizado os primeiros cristãos. Wadi Kharrar – mais conhecido por vale melodioso – encontra-se localizado perto das ruínas da cidade de Betânia, a cerca de 60 quilómetros da capital jordana. O périplo que pretende dissipar tensões entre cristãos e mulçumanos ficou marcado por apelos à tolerância e ao diálogo inter-religioso. A primeira visita do Papa ao território dividiu a comunidade islâmica, mas deu novo alento à minoria católica. Esta manhã, a chegada de Bento XVI ao Estádio Internacional de Amã foi saudada com entusiasmo por milhares de pessoas, que agitavam bandeiras de vários países do Médio Oriente. As autoridades jordanas decretaram feriado para que os cristãos pudessem acompanhar o Pontífice. As atenções viram-se, agora, para Tel Aviv.