Última hora

Última hora

Fim-de-semana sangrento na Somália

Em leitura:

Fim-de-semana sangrento na Somália

Tamanho do texto Aa Aa

Confrontos entre grupos islamitas rivais na capital somali Mogadíscio fizeram pelo menos 14 mortos só este domingo, de acordo com o mais recente balanço.

As vítimas mortais encontravam-se numa mesquita quando o local de culto foi atingido com um roquete. Na altura do ataque os fiéis começavam a chegar à mesquita para a oração da tarde. Os confrontos entre islamitas moderados, que apoiam o governo somali, e islamitas radicais duram há quatro dias e já fizeram pelo menos 65 mortos e perto de 200 feridos. Durante todo o fim-de-semana os grupos rivais utilizaram artilharia pesada para consolidar posições na capital da Somália, devastada por 18 anos de guerra civil e de anarquia. Para tentar trazer alguma estabilidade para o país do Corno de África, a União Europeia e as Nações Unidas organizaram no passado dia 23 uma conferência internacional de doadores. No final da reunião, os presentes na conferência prometeram uma ajuda de 212 milhões de euros ao presidente somali, Sharif Sheikh Ahmed.