Última hora

Última hora

Islândia quer aderir à UE o mais rápido possível

Em leitura:

Islândia quer aderir à UE o mais rápido possível

Tamanho do texto Aa Aa

A Islândia pretende solicitar a adesão à União Europeia o mais depressa possível.

O governo da ilha escandinava anunciou que vai apresentar uma proposta nesse sentido ao parlamento, nos próximos dias. A primeira-ministra sublinhou que o pedido de adesão será enviado antes de Julho. Mas a questão divide os partidos da coligação de centro-esquerda. Os sociais-democratas não partilham o entusiamo do Movimento Esquerda Verde pela União Europeia. O proceso implica, em última instância, a ratificação por referendo. A esquerda chegou ao poder nas eleições de 25 de Abril com um vitória histórica sobre os conservadores que chefiavam o governo há dezoito anos. O executivo foi pressionado a demitir-se após semanas de manifestações. Os islandeses responsabilizaram a direita pelo colapso da economia que levou à nacionalização dos três maiores bancos do país. Segundo uma sondagem recente, dois em cada três islandeses apoiam o início das negociações com Bruxelas.