Última hora

Última hora

General Motors

Em leitura:

General Motors

Tamanho do texto Aa Aa

O director geral da General Motors quer que o governo alemão ajude quem retomar o controlo da filial europeia do grupo, OPEL.

Fritz Henderson considera que é muito provável que a casa mãe tenha que abrir falência para prosseguir o processo de restruturação e é necessário por a filial europeia ao abrigo.

O patrão da GM diz que o grupo negoceia com vários candidatos a retoma da sueca Saab e nega a possibilidade de a FIAT tomar o controlo do grupo na América latina. Henderson promete notícias até ao fim do mês sobre as negociações em curso e sobre as conversações com os sindicatos para as supressões de emprego previstas. As acções da GM cediam durante a manhã mais de nove por cento.