Última hora

Última hora

John Demjanjuk extraditado para a Alemanha

Em leitura:

John Demjanjuk extraditado para a Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

O presumível criminoso de guerra John Demjanjuk é hoje esperado na Alemanha, após a sua extradição pelos Estados Unidos.

O Ministério Público de Munique acusou-o de homicídio de pelo menos 29 mil judeus, no campo de extermínio nazi de Sobibor, na Polónia ocupada. Demjanjuk, 89 anos, natural da Ucrânia, vive nos Estados Unidos, tem contra si um mandado de captura desde março mas nega todas as acusações. Segundo a justiça germânica, Demjanjuk é “Ivan o Terrível”, alcunha que ganhou em Sobibor devido às atrocidades contra prisioneiros. Os EUA retiraram-lhe há vários anos a nacionalidade norte-americana que tinha obtido em 1958. Num anterior processo em Israel foi condenado à morte à revelia por homicídios cometidos no campo de concentração nazi de Treblinka, também na Polónia ocupada pelos exércitos de Hitler. Esta condenação foi revogada mais tarde, porque se verificou que Demjanjuk tinha sido confundido com outro guarda prisional.