Última hora

Última hora

Brown e Cameron disputam medidas para punir abusos de deputados

Em leitura:

Brown e Cameron disputam medidas para punir abusos de deputados

Tamanho do texto Aa Aa

O escândalo das despesas dos deputados britânicos inflamou o debate entre governo e oposição, durante a sessão de perguntas ao executivo na Câmara dos Comuns.

O primeiro-ministro Gordon Brown anunciou que vai criar uma comissão de inquérito para detectar abusos na utilização das ajudas de custo, num momento em que vários parlamentares estão dispostos a devolver as somas desviadas para despesas privadas. Brown sublinhou que existe um consenso entre deputados, “para que as facturas relativas aos últimos quatro anos sejam analisadas por uma comissão independente do sistema político”. O escândalo abalou a popularidade de trabalhistas e conservadores que, em plena crise económica, exigem medidas exemplares. Para o líder dos conservadores,” o reembolso das despesas não é uma questão legal mas ética”, afirmou David Cameron. Mas, apesar do duelo entre governo e oposição, o escândalo atinge todas as bancadas parlamentares. A imprensa revelou hoje que, tanto o antigo como o novo líder dos liberais democratas, utilizaram entre 10 a 25 mil euros de ajudas de custo para pagar a renovação de apartamentos e comprar objectos de decoração.