Última hora

Última hora

Europa explora as profundezas do universo

Em leitura:

Europa explora as profundezas do universo

Tamanho do texto Aa Aa

Os telescópios europeus Planck e Herschel, os dois mais potentes já construídos, partirão hoje rumo ao espaço com o ambicioso objetivo de explorar a origem do Universo.

O satélite Planck estuda a radiação cósmica para a melhor compreensão do início e do destino do universo, e o Herschel observa a formação das estrelas. Os dois serão lançados pela ESA a Agência Espacial Europeia da base de Kuri, na Guiana Francesa. estrelas e galaxias em formação. Os dois satélites serão lançados com um foguete Ariane 5 e devem separar-se a um milhão e meio de quilómetros da Terra, na direcção contrária ao Sol. O custo das missões é um bilião de euros para o Herschel e 600 milhões de euros para o Planck, incluindo o lançamento e as operações. Os dois satélites deveriam ter sido postos em órbita em 2007, mas o lançamento acabou atrasado por dois anos.