Última hora

Última hora

Liberais alemães apostam no regresso ao poder

Em leitura:

Liberais alemães apostam no regresso ao poder

Tamanho do texto Aa Aa

Os liberais lançaram-se à conquista de um lugar no governo alemão, depois de onze anos na oposição. A campanha para as eleições gerais de 27 de Setembro foi lançada esta sexta-feira.

O FDP de Guido Westerwelle defende o regresso à energia nuclear e a baixa dos impostos. Recusa nacionalizações e acusa a coligação actual de usar a Opel como instrumento de campanha: “Esta coligação quer salvar a Opel ou é a Opel que deve salvar esta coligação? Esta vai ser a campanha mais cara de sempre”, acusa o líder dos liberais. A grande coligação dos democratas-cristãos de Angela Merkel com os sociais-democratas, está no poder desde 2005. Mas com as sondagens a preverem 14% dos votos para os liberais, o FDP espera aceder, de novo, a uma coligação governamental. Em campanha estão também os Verdes, actualmente na oposição, depois de sete anos no governo. O partido tem agora como ‘slogan’ um “New Deal verde”: promete combinar ecologia e economia e assim criar milhões de empregos. E propõe facilitar as naturalizações e dar forma à democracia multicultural.