Última hora

Última hora

GM desvincula 1100 concessionários

Em leitura:

GM desvincula 1100 concessionários

Tamanho do texto Aa Aa

A general motors confirma a supressão de 1100 concessionários nos Estados Unidos num esforço de redução de custos e de alívio de dívidas. A decisão surge depois de uma medida similar tomada pela rival Chrysler também na falência.

Juntas, as construtoras de Detroit reduzem 2300 concessionários da rede de vendas e colocam em risco 100 mil postos de trabalho. A medida apanhou muita gente desprevenida. “Acredito que com os nossos 11 ou 12 anos,a Gillepsie Auto Group não devia ter recebido esta carta. Mas pensando bem acho que temos sempre uma possibilidade”, diz o responsável por um concessionário. O encerramento afecta os concessionários menos rentáveis com mais de 2 milhões e meio de automóveis ainda à venda. Os analistas acreditam tratar-se de uma restruturação destinada a preparar a declaração de falência prevista para o dia 1 que garante protecção contra credores, à semelhança da Chrisler. A GM tinha já anunciado que preferia realizar as reestruturação e deixar a tarefa fora da esfera judicial.