Última hora

Última hora

Polícia russa detém activistas gays

Em leitura:

Polícia russa detém activistas gays

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia russa deteve hoje vinte e cinco pessoas que pretendiam realizar uma “gay pride eslava” em Moscovo. Os manifestantes reuniram-se este sábado perto do recinto onde decorre o Festival Eurovisão. Uma forma de chamar a atenção dos media para a causa gay. Mas em pouco tempo a polícia da capital russa pôs fim à pequena reunião.

Entre os detidos está Peter Tatchell, um activista gay britânico e Nicolai Alexeev, líder russo do movimento pelos direitos dos homossexuais. Ontem o presidente da câmara de Moscovo proibiu qualquer manifestação gay e classificou a homossexualidade como algo satânico. Na Rússia, a homossexualidade foi considerada um delito até 1993 e uma doença mental até 1999. Os episódios de homofobia são frequentes.