Última hora

Última hora

Vitória clara do partido de Sónia Ghandi

Em leitura:

Vitória clara do partido de Sónia Ghandi

Tamanho do texto Aa Aa

A festa é do Partido do Congresso de Sónia Ghandi e do primeiro-ministro indiano Manmohan Sigh. De acordo com os resultados preliminares divulgados pela comissão eleitoral da Índia, a formação obteve um triunfo esmagador nas eleições que duraram um mês.

Monmohan Singh, de 76 anos, vai ser chefe de governo novamente. “Vamos empenhar-nos para ultrapassar as expectativas para dar às pessoas um governo de bem-estar social, que represente os melhores instintos da política indiana”, disse. O principal partido da oposição, o Partido do Povo Indiano já reconheceu a derrota e está creditado com 160 dos 543 assentos parlamentares. A televisão pública estimou que o Partido do Congresso vai alcançar 261 mandatos, muito próximo dos 272 necessários para a maioria absoluta. A confirmar-se este é o maior triunfo da formação de centro esquerda desde 1991. Certa é a existência de um governo estável resultado de uma aliança forte do partido no poder com os tradicionais parceiros de coligação numa altura em que a Índia enfrenta grandes desafios: crise económica, desigualdades sociais e tensões inter-religiosas.