Última hora

Última hora

Lituânia elege "dama-de-ferro" para golpear a crise

Em leitura:

Lituânia elege "dama-de-ferro" para golpear a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Na Lituânia, a solução para a pior crise económica de sempre no país chama-se Dalia Grybauskaite.

A Comissária Europeia para o Orçamento venceu à primeira volta as presidenciais do fim-de-semana, com uma larga maioria de mais de 68% . A candidata independente de 53 anos é a primeira mulher a assumir o cargo, e das poucas figuras políticas nacionais a não estar manchada por escândalos de corrupação. Reagindo à vitória, a presidente eleita defendeu, “uma maior aproximação à Europa ocidental, em especial um incremento da exportação em direcção dos países fundadores da União Europeia”. A cinturão negro de Karaté promete golpear a crise com mais medidas sociais para compensar a política de austeridade levada a cabo pelo governo conservador de Andrius Kubilius, que deverá manter-se no cargo. Distante do crescimento económico que sucedeu a entrada da Lituânia na União Europeia em 2004, o país faz face a uma crise económica grave com uma queda do PIB em 12,6% no primeiro trimestre. Um terreno propício para uma “dama-de-ferro” que quer estimular as exportações e reforçar os controlos sobre a utilização dos fundos comunitarios.