Última hora

Última hora

Pequim e Bruxelas: a cimeira da reconciliação

Em leitura:

Pequim e Bruxelas: a cimeira da reconciliação

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do fracasso de Dezembro último, a União Europeia espera reatar com a China as relações económicas e políticas no encontro que decorre hoje em Praga.

As emissões de dióxido de carbono, a balança comercial entre a UE e a China, o proteccionismo e o novo enquadramento político internacional marcado pelo crescente papel das economias emergentes serão quatro temas centrais nos trabalhos. O encontro esteve estado marcado para Dezembro do ano passado mas foi cancelado à última hora pelas autoridades chinesas, depois do então presidente rotativo da UE, Nicolas Sarkozy, ter reunido dias antes da cimeira com Dalai Lama. UE e China voltaram aproximar-se nos primeiros meses deste ano espera-se agora uma normalização e uma cooperação mais aberta. Os planos para reduções de emissões de dióxido de carbono fazem parte dos dossiês espinhosos.