Última hora

Praga acolhe cimeira UE-China

Em leitura:

Praga acolhe cimeira UE-China

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia e a China procuram, a partir de hoje, alinhar posições para travar a crise financeira.

Esse é pelo menos o objectivo da cimeira, que decorre na capital da República Checa, país que preside aos destinos dos 27. A reunião, inicialmente, prevista para Dezembro, acabou por ser adiada devido ao encontro entre o chefe de Estado francês, Nicolas Sarkozy, com o líder espiritual tibetano, Dalai Lama. Um episódio, que Pequim e Bruxelas procuram esquecer em prol das relações comerciais. Em 2008, as exportações da União Europeia para a China ultrapassaram os 75 mil milhões de euros. Um valor significativo, mas ainda assim longe dos cerca de 250 mil milhões gastos em importações. O ambiente é outro dos assuntos em cima da mesa. Bruxelas vai tentar obter um compromisso por parte do gigante asiático na adopção de energias verdes. A ideia é clarificar a posição de Pequim antes da conferência sobre o clima, agendada para o final do ano, em Copenhaga.