Última hora

Última hora

Obama determinado a encerrar Guantánamo

Em leitura:

Obama determinado a encerrar Guantánamo

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama dirigiu-se aos americanos num discurso que procurou justificar a decisão de encerrar a prisão de Guantánamo.

O tema foi uma das promessas de campanha mas fez estalar a controvérsia nos últimos dias. Obama garante a segurança do processo. “Não vamos libertar ninguém se isso puser em perigo a nossa segurança nacional, nem libertaremos detidos dentro dos Estados Unidos que ponham em perigo o povo americano. No que toca à justiça e à segurança nacional vamos procurar transferir alguns detidos para o mesmo tipo de estabelecimentos onde mantemos todo o tipo de criminosos violentos e perigosos dentro das nossas fronteiras”, disse. Ontem, o senado bloqueou o dinheiro que a administração pedia para o projecto de transferência de prisioneiros da Base Naval para solo americano. Antes da votação, os senadores ouviram as explicações do director do FBI que admitiu que as prisões americanas não estão preparadas para acolher os prisioneiros em questão. Barack Obama tinha decidido encerrar Guantánamo, onde permanecem por julgar 240 alegados terroristas, até Janeiro de 2010.