Última hora

Última hora

Obama explica Guantánamo ao país

Em leitura:

Obama explica Guantánamo ao país

Tamanho do texto Aa Aa

O encerramento da famosa prisão de Guantánamo alimenta um debate cada vez maior nos Estados Unidos. O presidente Barack Obama vai hoje explicar detalhadamente ao país o processo de encerramento do famoso estabelecimento prisional e o destino dos 240 alegados terroristas.

Para já, Obama ainda não conseguiu convencer o Senado que chumbou um pedido de 80 milhões de dólares necessários para que o presidente feche o centro de detenção. Uma medida que foi uma das bandeiras de campanha. Muitos senadores receiam a transferência dos prisioneiros para solo americano por falta de condições nas prisões de alta segurança. Os riscos dessa operação também foram abordados pelo director do FBI Robert Mueller. “As preocupações que nós temos acerca de indivíduos que possam estar nos Estados Unidos a apoiar o terrorismo derivam das preocupações sobre o financiamento a terroristas, radicalizando outros com vista ao extremismo violento”, disse perante a Comissão de Justiça do Congresso. Hoje, um tribunal de Nova Iorque começa a ouvir Ahmed Khaifan, o primeiro detido de Guantánamo a comparecer perante a justiça civil. Khaifan é acusado de envolvimento num atentado contra a embaixada americana na Tanzânia em 1998. Barack Obama tinha decidido encerrar Guantánamo até Janeiro de 2010. Até lá a administração tem de dar garantias de segurança ao Senado e a todos os americanos.