Última hora

Em leitura:

Senado norte-americano rejeita desbloquear fundos para encerrar Guantánamo


EUA

Senado norte-americano rejeita desbloquear fundos para encerrar Guantánamo

Ainda não é desta que Barack Obama vai encerrar o campo de detenção de Guantánamo. O Senado norte-americano confirmou esta quarta-feira, através de um expressivo voto contra, a recusa em conceder fundos para o encerramento do centro de detenção. A decisão do Senado foi aprovada por 90 votos contra seis. Os senadores democratas exigem a Washington que apresente previamente um plano preciso.

Uma posição defendida também pelos republicanos. Em conferência de imprensa o senador Lindsey Graham explicou que “é muito importante que os americanos e o mundo saibam exactamente o que vai acontecer com essas pessoas. O que é que vai ser feito delas, vão ser detidas, vão ser julgadas, quais são as regras relativamente à sua libertação? Até lá parece-me um erro falar de encerramento de Guantánamo”, concluiu. Em Abril, o presidente norte-americano, solicitou 80 milhões de dólares destinados aos Departamentos da Defesa e da Justiça para transferir os 240 detidos na Base de Guantánamo, em Cuba. Democratas e Republicanos já afirmaram que vão bloquear qualquer transferência de prisioneiros até que o governo lhes entregue um plano satisfatório.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Bruxelas tem um museu Magritte