Última hora

Última hora

Magna tem preferência alemã para comprar Opel

Em leitura:

Magna tem preferência alemã para comprar Opel

Tamanho do texto Aa Aa

A Magna marcou um ponto contra a Fiat, na corrida pela compra da Opel à General Motors. O governo alemão confirmou oficialmente que prefere a proposta do grupo austro-canadiano à feita pela Fiat.

Isto depois do presidente da construtora italiana, Sergio Marchionne, se ter mostrado confiante nas hipóteses de conseguir o negócio. Numa conferência de imprensa em Berlim, o presidente da Magna explicou a ideia que tem para a Opel: “Para o desenvolvimento da Opel, precisamos de novos mercados e novas opções. Olhamos para a Rússia como uma boa hipótese de mercado. Para triunfar, é preciso liderar nas vendas”, disse o presidente da Magna, Siegfried Wolf. Esta referência à Rússia não vem por acaso, já que a Magna tem como parceiro o banco russo Sverbank. Antes ainda do anúncio oficial de Berlim, o fabricante de peças automóveis tinha já dito que tinha a preferência do governo alemão. Mas a verdade é que a General Motors tem também uma palavra a dizer e nem tudo está perdido para a Fiat. Entretanto, além da Fiat, da Magna e da Ripplewood, pode haver um quarto intereressado – um grupo chinês, cujo nome ainda não é conhecido.