Última hora

Última hora

Novos casos de gripe A levam Itália e Espanha a tomar medidas de prevenção

Em leitura:

Novos casos de gripe A levam Itália e Espanha a tomar medidas de prevenção

Tamanho do texto Aa Aa

O vírus da gripe A continua a propagar-se na Europa. Em Itália o ministério da Saúde foi obrigado a encerrar pela primeira vez dois liceus da capital, a título preventivo, depois de quatro alunos terem contraído a doença.

Os estudantes faziam parte de um grupo de quatro centenas de alunos que, em meados de Maio, tinham regressado de uma visita de estudo aos Estados Unidos. O ministro da Saúde italiano, Ferrucio Fazio, afirmou que, “é importante limitar a propagação do vírus. Foi por isso que encerramos as duas escolas, não só porque o vírus é extremamente perigoso mas porque não queremos que se torne num problema de saúde pública a nível nacional”. Em Espanha, o país europeu com mais casos confirmados, o surto do vírus AH1N1 levou o governo a colocar em quarentena um quartel militar em Madrid com mais de 600 soldados. Uma medida de prevenção depois das autoridades sanitárias terem registado 11 casos confirmados na instalação, outros 57 estão sob observação médica. Os novos episódios em Itália e Espanha surgem num momento em que a Organização Mundial de Saúde (OMS) rejeita elevar o alerta sanitário do nível 5 para o nível 6. O responsável da organização em Genebra alertou hoje para o risco do vírus continuar a propagar-se em especial ao hemisfério Sul, num momento em que a gripe A matou mais de 80 pessoas, infectando mais de 11 mil em todo o mundo.