Última hora

Última hora

Karadzic pede anulação de acusações

Em leitura:

Karadzic pede anulação de acusações

Tamanho do texto Aa Aa

O ex-líder servo-bósnio Radovan Karadzic solicitou ao Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia a retirada das acusações invocando umo pacto de imunidade estipulado em 1996 com os Estados Unidos.

O advogado de defesa de Karadzic, Peter Robinson, explicou que esse acordo foi assinado no dia 18 de 19 de Julho de 1996 em Belgrado na frente de 15 testemunhas e isso foi mencionado no documento apresentado esta manhã. A existência desse acordo foi sempre desmentida por Richard Holbrooke, mediador e arquitecto dos acordos de Dayton que puseram fim aos três anos de guerra da Bósnia em 1995. Holbrooke, actual representante especial dos EUA para Afeganistão e Paquistão, foi mediador americano nos conflitos da antiga Iugoslávia em meados da década passada e um dos arquitectos dos acordos de Dayton de 1995, que puseram fim à guerra da Bósnia Pesam sobre Karadzic 11 acusações ligadas a crimes de guerra, entre elas genocídio e crimes lesa-humanidade que teriam sido cometidos durante a guerra da Bósnia. Os juízes do TPI consideraram ainda pouco clara a acusação contra o ex-líder sérvio-bósnio Radovan Karadzic e têm agora 14 dias para analisar a moção apresentada pela defesa.