Última hora

Última hora

Hezbollah acusa Israel de estar por trás da notícia do "Der Spiegel"

Em leitura:

Hezbollah acusa Israel de estar por trás da notícia do "Der Spiegel"

Tamanho do texto Aa Aa

O artigo do semanário alemão “Der Spiegel” que implica o Hezbollah no assassínio do antigo primeiro-ministro Rafic Hariri é uma maquinação dos israelitas.

É o que afirma o líder do movimento xiita libanês. O discurso de Hassan Nasrallah foi ontem transmitido para milhares de pessoas, na periferia de Beirute, por ocasião do nono aniversário da retirada das tropas israelitas do sul do Líbano: “O que o Der Spiegel escreveu e os comentários dos líderes zionistas são uma acusação de Israel contra o Hezbolah. Eles querem implicar-nos no assassínio do mártir Rakik al-Hariri”. Para nós é uma acusação de Israel”. Segundo a revista alemã, a comissão internacional encarregue de investigar o assassinato do antigo chefe de governo libanês analisa pistas que conduzem ao Hezbollah. Rafic Hariri que se opunha à tutela da Síria sobre o Líbano perdeu a vida num atentado em Beirute a 14 de Fevereiro de 2005. No Domingo, o chefe da diplomacia israelita apelou à comunidade internacional para emitir um mandado de captura contra o líder do movimento xiita libanês.