Última hora

Última hora

Abbas em Washington

Em leitura:

Abbas em Washington

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do chefe de Governo isrealita, Barack Obama recebe, hoje, em Washington o presidente da Autoridade Palestiniana.

Um encontro aguardado com expectativa por parte Mahmud Abbas, que olha para os Estados Unidos como o país capaz de influênciar as políticas do Estado hebreu. Para o negociador palestiniano, Saeb Erekat, considera que a reunião entre Abbas e Obama “é muito importante, sobretudo, depois do encontro com o primeiro-ministro isrealita.” Erekat aplaude a mensagem do Presidente norte-americano a Benjamin Netanyhau no que toca ao congelamento dos colonatos e à criação de dois Estados” Na cidade palestiniana de Ramallah muitos acreditam que Washington pode acabar com o alargamento dos colonatos e possibilitar a criação de um Estado palestiniano. “Os colonatos são um entrave às negociações de paz, mas creio que se os Estados Unidos pressionarem Israel as coisas podem mudar” refere um habitante. No primeiro encontro com o primeiro-ministro isrealita, o Presidente norte-americano apelou ao fim colonização. Na resposta Benjamin Netanyahu disse que pretendia seguir com o alargamento dos colonatos existentes na Cisjordània, excluindo, a criação de novos. No que toca à construção na parte oriental de Jerusalém, que os palestinianos querem ver como capital de um eventual Estado, o chefe de Governo referiu que Jerusalém não é um colonato. Israel ocupou Jerusalém oriental e a Cisjordânia, em 1967.