Última hora

Última hora

Festa da vitória do Barcelona termina em violência

Em leitura:

Festa da vitória do Barcelona termina em violência

Tamanho do texto Aa Aa

Noite histórica para o Barcelona. Cem mil adeptos estiveram, até de madrugada, nas ruas da capital catalã. Uma noite de euforia, depois da equipa comandada por Guardiola ter conquistado tudo esta época: a Taça do Rei, a Liga espanhola e agora, pela terceira vez, a Liga dos Campeões.

O “Barça” bateu o Manchester United por duas bolas a zero. Um dos adeptos fala da melhor noite da sua vida e garante que o Barcelona está no seu coração e é mesmo o seu sangue. Mas a festa acabou por ser ofuscada pela violência em várias cidade da Catalunha, mas, sobretudo, em Barcelona. No final, contam-se 240 feridos, entre eles 90 polícias, e 134 detidos por desordem pública, danos e resistência à autoridade. Alegria de uns, tristeza de outros. Em Inglaterra, no final do jogo, os apoiantes do Manchester United mostravam até que ponto estavam desapontados, mas reconheciam que o resultado era justo. Um adepto afirmou: “Foi justo. O Manchester United nunca dominou o jogo. O Barcelona fez o que devia, controlou, dominou e nós não”. Apesar da derrota, os adeptos do Manchester pensam já na próxima época. Para o ano estarão de volta, prometem…