Última hora

Última hora

A situação na Geórgia não dá sinais apaziguamento

Em leitura:

A situação na Geórgia não dá sinais apaziguamento

Tamanho do texto Aa Aa

Os manifestantes, que exigem a demissão do presidente georgiano Mikhail Saakashvili, envolveram-se em confrontos com a polícia. Os protestos tiveram lugar ontem à noite, os polícias que patrulhavam a zona foram atacados com facas e paus pontiagudos pelos manifestantes que acabaram por ferir pelo menos cinco polícias um deles encontra-se em estado grave.

A oposição rejeita qualquer responsabilidade nos confrontos com a polícia e acusa as forças de segurança de terem agredido “ao menos sete manifestantes, que foram hospitalizados com ferimentos na cabeça e nas pernas”. A oposição tem-se manifestado desde 9 de Abril, exigindo a demissão do chefe de Estado, ameaçando bloquear o trânsito ferroviário e as principais auto-estradas. O Mikail Saakashvili recusa partir e propõe negociações sobre reformas democráticas.