Última hora

Última hora

Milhares de sul-coreanos assistiram à cerimónia fúnebre do antigo presidente

Em leitura:

Milhares de sul-coreanos assistiram à cerimónia fúnebre do antigo presidente

Tamanho do texto Aa Aa

Os sul-coreanos despediram-se esta manhã de Roh Moo-hyun. O antigo presidente suicidou-se no dia 23 de Maio por estar envolvido num escândalo de corrupção.

Roh Moo-hyun foi eleito em 2002 e presidiu os destinos da quarta economia asiática até Fevereiro de 2008. No final do mandato apenas sete por cento dos sul-coreanos mantinham o apoio ao chefe de Estado.

Em Abril foi questionado pela justiça devido ao alegado envolvimento num caso de corrupção. Um empresário do calçado confessou ter corrompido vários políticos, um dos quais seria Roh. A família teria recebido mais de quatro milhões de euros das mãos do empresário.

O antigo presidente atirou-se de um penhasco e deixou uma nota dizendo que “o resto da sua vida seria apenas um fardo para os outros”.