Última hora

Última hora

Mandelson quer ver Magna honrar compromissos na Vauxhall

Em leitura:

Mandelson quer ver Magna honrar compromissos na Vauxhall

Tamanho do texto Aa Aa

O acordo da canadiana Magna com a GM para assumir controlo da divisão europeia da construtora norte-americana, que inclui a Opel e a Vauxhall, deu um raio de esperança à subsidiária britânica.

Os trabalhadores da Vauxhall estão mais tranquilos apesar de não estarem totalmente excluídos alguns despedimentos. O ministro dos Negócios britânico recebeu garantias da Magna na semana passada. Agora, Peter Mandelson pretende uma confirmação. “Agora é preciso garantir as promessas e os compromissos que a Magna me deu pessoalmente em Londres, quando eles demonstraram interesse em continuar com a Vauxhall no Reino Unido”, disse. O ministro referiu que, face ao excesso de produção, será de prever alguns despedimentos. No acordo de princípio com a GM e o governo alemão, a Magna prometeu investir 500 milhões de euros na divisão europeia da GM mas anunciou ter intenções de suprimir 2500 empregos na Alemanha.