Última hora

Última hora

Escândalo com despesas dos deputados britânicos custa o cargo à ministra do Interior

Em leitura:

Escândalo com despesas dos deputados britânicos custa o cargo à ministra do Interior

Tamanho do texto Aa Aa

A ministra britânica do Interior, Jacqui Smith, deverá deixar o governo na próxima remodelação do executivo. Os meios de comunicação britânicos anunciavam esta manhã a sua demissão, mas mais tarde diziam apenas que será afastada.

Jacqui Smith, tal como outros membros do executivo, está envolvida no escândalo sobre o reembolso das despesas dos deputados. Na sua nota incluiu filmes pornográficos alugados pelo marido e a casa da irmã para usufruir ao máximo dos apoios à habitação. O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, confirmou que prepara uma remodelação do governo, mas recusou dizer quando e evita evocar nomes. Segundo os rumores, as mudanças poderão ter lugar já na próxima semana, após as eleições europeias. O Reino Unido vota já esta quinta-feira. Geoff Hoon, ministro dos Transportes, é também um dos envolvidos no escândalo das despesas dos deputados e os rumores adiantam que estará também de saída. Situação semelhante para Alistair Darling. O ministro das Finanças é um dos últimos políticos britânicos a ter pedido desculpas pelos abusos e a reembolsar o parlamento. Embora o escândalo afecte todos os partidos, trata-se de um duro golpe para Gordon Brown. Para as eleições europeias, os Trabalhistas surgem só em terceiro lugar nas sondagens, com 22% das intenções de voto.