Última hora

Última hora

O Tratado de Lisboa e os futuros alargamentos

Em leitura:

O Tratado de Lisboa e os futuros alargamentos

Tamanho do texto Aa Aa

Pergunta: “Olá, o meu nome é Jürgens e sou alemão. Tenho uma pergunta: será que, quando for adoptado, o Tratado de Lisboa, que reforma as instituições, vai levar a mais alargamentos e vai abrir as portas aos Balcãs ocidentais e à Turquia?”

Resposta: “Olá, Jean-Michel De Waele, professor de Ciências Politicas na Universidade Livre de Bruxelas. Não. Não penso que possamos dizer que o novo Tratado de Lisboa vá abrir a porta para que a Turquia ou os Balcãs entrem na União Europeia. Aliás, o Tratado pode mesmo complicar os novos alargamentos. Mas, pelo menos, podemos dizer que o debate sobre os alargamentos será mais democrático, porque o Tratado de Lisboa, apesar de todas as suas imperfeições, democratiza a União Europeia. Por isso, o debate no Parlamento Europeu será, sem dúvida, mais importante do que foi nos outros alargamentos. Os alargamentos são questãoes altamente políticas. São decisões políticas e não apenas questões técnicas. Por isso, o alargamento à Turquia ou aos Balcãs será uma decisão dos 27 Estados membros e não apenas o resultado de negociações entre tecnocratas. O Tratado de Lisboa não vai mudar isso.”