Última hora

Última hora

A derrota anunciada de Gordon Brown

Em leitura:

A derrota anunciada de Gordon Brown

Tamanho do texto Aa Aa

São dias difíceis para Gordon Brown, em campanha para as eleições locais e europeias.

O partido do primeiro-ministro britânico deve sofrer duas derrotas, após o escândalo das despesas abusivas apresentadas por deputados e governantes. Brown já disse que não se vai demitir, mesmo que perca as eleições, e está a preparar uma remodelação governamental, que deve ser apresentada logo a seguir aos actos eleitorais. A ministra do Interior deve abandonar o cargo, depois de ter sido apanhada no escândalo. Jacqui Smith incluiu filmes pornográficos alugados pelo marido numa nota de despesas apresentada ao Parlamento. Outro envolvido, o ministro da Defesa Alistair Darling pode ser substituído pelo titular da pasta da Educação. Darling pediu mesmo desculpas pelas despesas abusivas apresentadas e reembolsou o Parlamento. O escândalo põe também em causa, a continuidade da ministra das Comunidades. Hazel Blears é acusada de ter usado o esquema da segunda residência para escapar ao pagamento de mais-valias na venda de um apartamento. Gordon Brown tinha dito que quem estivesse envolvido no escândalo, teria de aceitar as consequências.